O impacto das redes sociais no recrutamento e seleção de candidatos

0
229

Esse acesso a uma grande quantidade de informações está virando o mercado de recrutamento e seleção de cabeça para baixo

O sistema Big Data está revolucionando o mercado de recrutamento e seleção de candidatos. Muito longe do modelo de recrutamento tradicional, onde as empresas procuram currículos de candidatos para as vagas, fazendo um processo conhecido por alguns como arco e flecha, o sistema utiliza os dados disponíveis na rede (internet).

Hoje é difícil imaginar que alguma pessoa não utilize internet e nenhuma rede social. Essa gigantesca quantidade de pessoas conectadas gera uma imensidão sem precedentes de informações. Esse acesso a uma grande quantidade de informações está virando o mercado de recrutamento e seleção de cabeça para baixo. As empresas mais tradicionais dominaram o mercado durante anos, devido a um vasto banco de dados construídos ao longo de muito tempo, junto com a experiência de seus executivos elas tinham grande vantagem. Porém, com a proliferação das redes sociais, as informações deixaram de ser segredo.

Um grupo de empresas atentas a este movimento começou a usar essa grande quantidade de informações disponíveis no Big Data para conhecer os perfis de empresas, como: missão, histórico e cultura; sobre candidatos como objetivos, prioridades e valores com essas informações conseguem avaliar melhor qual candidato combina com qual vaga em qual empresa e os apresenta para uma entrevista, sem necessariamente o candidato ter se candidatado para a vaga.

Empresas como a 99JOBS, GILD, Entelo e Pin People, cada uma a sua maneira, usa os dados disponíveis de milhões de pessoas na internet, dados nem sempre relacionados a questões profissionais, para preencher uma vaga. Os processos de recrutamento e seleção estão ficando cada vez mais digitais, em prol da agilidade e da assertividade, buscando encaixar não só o melhor candidato para a empresa, mas também a melhor empresa para o candidato, esse é mais um exemplo de como a tecnologia pode revolucionar, pessoas, mercados e sociedades numa relação em que todos saem ganhando.

Caso ainda tenha alguma dúvida, deixe um comentário ou me mande um e-mail, eduardo.lobo@emlrh.com.br

Eduardo Fiuza Lobo, é sócio fundador da EML RH e diretor regional da Jan-Pro, especialista em gestão de pessoas e administração de empresas

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here