IBGE: Desemprego na Bahia cai para 16,5% no 2º Trimestre

0
379

A Bahia foi um dos setes estados em que a desocupação recuou entre o 1º e o 2º trimestres do ano e, com esse resultado, deixou de ter a segunda maior taxa de desocupação do país, caindo para a quinta posição

 

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE), no 2º trimestre de 2018, a taxa de desocupação na Bahia ficou em 16,5%, menor que a verificada no 1º trimestre de 2017 (17,9%) e abaixo também da taxa do 2º trimestre de 2017 (17,5%). A Bahia foi um dos setes estados em que a desocupação recuou entre o 1º e o 2º trimestres do ano e, com esse resultado, deixou de ter a segunda maior taxa de desocupação do país, caindo para a quinta posição. O Amapá (21,3%) se manteve com a maior taxa de desocupação entre os estados, no 2º trimestre de 2018. Apesar da redução, a taxa de desocupação da Bahia ainda permaneceu acima da média nacional (12,4%). Santa Catarina se manteve com a menor taxa no 2º trimestre (6,5%).

Na passagem do 1º para o 2º trimestre de 2018, houve diminuição do número de pessoas trabalhando em seis dos dez agrupamentos de atividade investigados na Bahia. Alojamento e Alimentação (-49 mil pessoas) e Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (-43 mil pessoas) tiveram os saldos mais negativos. Por outro lado, Indústria Geral (+48 mil pessoas); Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (+36 mil pessoas) e Indústria de Transformação (+34 mil pessoas) tiveram as maiores variações positivas na ocupação nessa comparação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bahia Economica

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here