“Tenho carinho absurdo por gays”, diz Léo Santana após ser acusado de homofobia

0
231

Após ser acusado de homofobia por declarações dadas durante sua apresentação à frente do trio elétrico, o cantor Léo Santana usou as redes sociais para se defender.

Em sua conta pessoal no snapchat o cantor disse que sempre defendeu a igualdade de gêneros e é contra qualquer tipo de preconceito: “Quem mais faz músicas falando de preconceito sou eu. Homofobia é uma coisa muito séria”.

O cantor ainda completou: “Creio que seja o único artista homem que tem um carinho absurdo por todos os gays do mundo. Eu tenho fãs que são gays e em hipótese alguma que faltaria com o respeito a eles”, completou.

Léo Santana foi acusado de homofobia e teve queixas registradas contra ele após tentar apartar uma briga de cima do trio. Ao ver dois homens entre os tapas disparou: “Tem cada tipo de homem… É tanta mulher bonita e os homens ficam nessa viadagem”.

Em outro momento da mesma apresentação uma nova declaração infeliz.

“Agora tudo é problema, a gente não pode dizer que ama seu próprio irmão que você já é gay. Eu postei uma foto com meu irmão dizendo ‘eu te amo’ e ficaram me chamando de viado. Isso é uma palhaçada”.
Após isso a página Guia Gay Salvador incentivou que as pessoas denunciassem o cantor ao Observatório da Discriminação Racial e LGBT, Violência Contra a Mulher —  coordenado pela Secretaria Municipal da Reparação. O núcleo recebe denúncias neste Carnaval pelo Whatsapp no número (71) 98622-5494.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here