Medo de dirigir afeta 2 milhões de pessoas no Brasil

0
171

As mulheres, 85%, e pessoas que têm de 30 e 45 anos são as que mais sofrem com esse tipo de fobia

 

Você pode nunca ter escutado falar na palavra Amaxofobia, mas com certeza já deve ter conhecido alguém que, mesmo habilitado, morre de medo de assumir o volante. Pois bem, uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Medicina de Trânsito constatou que essa é a realizada de 10% da população brasileira apta para dirigir, o que corresponde a 2 milhões de pessoas em todo o país. As mulheres, 85%, e pessoas que têm de 30 e 45 anos são as que mais sofrem com esse tipo de fobia.

 O pânico do volante, de acordo com a psicanalista e diretora do NitidaMente Instituto, Shirley Moraes, é mais comum em pessoas que sofreram algum acidente de trânsito – ainda que não estivessem no comando da direção. “Essas pessoas tendem a guardar traumas, o que torna mais difícil a retomada às atividades normais”, explica. A pesquisa corrobora com essa a afirmação, já que 40% dos entrevistados notificaram já ter sido vítima de algum acidente.

 Mas, também existem aqueles que sofrem do problema logo após tirar a carteira de habilitação. De acordo com a especialista, o medo é normal no iniciante, já que faz parte da descoberta sobre o novo, mas é importante ficar atento ao nível deste receio da direção. “Quando há incapacidade de dirigir, aliado a sintomas psicossomáticos, é interessante dar uma maior atenção ao caso e buscar ajuda de profissionais da área”, aponta Shirley.

 Alguns desses sintomas são: taquicardia, tremor, sudorese, palpitações, medo de desapontar alguém ou de errar, sensação de paralisia, boca seca, dor de cabeça, tensão muscular, dentre outros.

Dicas de Superação:
– Procure se ambientar ao veículo, antes de dar partida;
– Busque respirar calmamente para diminuir os níveis de ansiedade;
– Caso não se sinta bem, enquanto estiver dirigindo, pare e tente se acalmar antes de seguir viagem;
– Se ainda assim não se sentir seguro para dirigir sozinho, tente fazer as primeiras viagens na companhia de um amigo ou pessoa próxima. Um curso para habilitados também pode ajudar no auxílio da autoconfiança;
– Alie todas as dicas anteriores a sessões de terapia, para superar os medos.

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here