Brasil faz 1 a 0 na Alemanha após o reencontro de 7 a 1

0
887

 Gabriel Jesus definiu vitória de cabeça no primeiro reencontro após o 7 a 1

 

O Brasil passou 10 minutos assustado, até descobrir que os alemães também eram capazes de errar. Coutinho aproveitou vacilo e invadiu a área, driblou, mas o passe foi ruim. As falhas defensivas da Alemanha se repetiram, até que, na pior delas, Trapp se enrolou todo em cabeçada de Gabriel Jesus. A tecnologia sobre a linha apontou o gol. Um alívio para o centroavante brasileiro, que havia perdido chance clara pouco antes. A Seleção, ao contrário dos anfitriões, errou pouquíssimo uma marca da equipe de Tite.

Roubar bolas no campo de ataque já havia se mostrado um caminho interessante para a Seleção. Dessa forma, ela quase fez dois belos gols. Primeiro num corta-luz de Coutinho para Willian, e depois num passe de Gabriel Jesus para Coutinho. As finalizações não foram precisas. Joachim Löw começou a mexer para fechar a lista da Copa, e o ritmo da partida caiu. Paulinho e Fernandinho ficaram mais próximos de Casemiro na marcação, e o espaço que os alemães tinham para tabelar, sumiu. Do outro lado, a Alemanha se descompactou. Löw colocou Werner e a equipe toda no ataque a 10 minutos, mas o Brasil se segurou diante de um arsenal de escanteios.

O Brasil ainda tem dois amistosos antes de estrear na Copa do Mundo: dia 3 de junho, diante da Croácia, provavelmente em Liverpool, e dia 10, contra a Áustria, em Viena. Esses jogos já terão os 23 convocados para o Mundial. A lista será anunciada em meados de maio.

 

Veja os Melhores momentos do jogo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here